Facebook
Twitter
YouTube
SoundCloud
Flickr

Rosário propõe audiência sobre abuso nas medidas coercitivas

Rosário propõe audiência sobre abuso nas medidas coercitivas

A deputada federal Maria do Rosário protocolou nesta terça-feira (3) requerimento na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para realização de audiência pública a fim de discutir a adoção de medidas coercitivas violadoras de direitos e da dignidade humana e suas consequências judiciais, sociais e econômicas por parte do sistema de Justiça.

 

 

Na justificativa do pedido, a deputada destaca que “percebe-se, não raras vezes, o desvirtuamento dos instrumentos democráticos de investigação, onde se privilegia ações espetaculares e desnecessárias, em detrimento dos direitos e da dignidade da pessoa humana, sem qualquer ganho ou eficiência apara a investigação e/ou ação penal, mas com resultados desastrosos nas vidas dos atingidos pelas medidas coercitivas e constritivas da justiça criminal”, como parece ter ocorrido com a morte do reitor da Universidade Federal de Santa Catarina, Luiz Carlos Cancellier de Olivo.

 

 

O requerimento, que será votado nas próximas reuniões da CCJ, propõe como debatedores a subprocuradora-Geral da República, Deborah Duprat; o diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello; o presidente da Andifes, reitor Emmanuel Tourinho (UFPA); o subprocurador da República e ex-ministro da Justiça, Eugênio de Aragão; e o jurista Lenio Streck.

Sem comentários Comments

Deixe um comentário

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial