Facebook
Twitter
YouTube
SoundCloud
Flickr

Brasil fechará 2017 com pior taxa de investimento dos últimos 15 anos

Brasil fechará 2017 com pior taxa de investimento dos últimos 15 anos

O Brasil caminha para fechar o ano de 2017 com a pior taxa de investimento dos últimos 15 anos. Com arrecadação fraca, baixo consumo e um Orçamento engessado pela Emenda Constitucional 95, que limitou os gastos públicos por 20 anos, o governo ilegítimo de Temer cortou investimentos para tentar cumprir a meta de déficit fiscal de R$ 139 bilhões. Com isso, obras importantes de infraestrutura estão paradas. Faltam recursos, por exemplo, para terminar obras como a transposição do rio São Francisco e a ponte sobre o rio Guaíba (RS).

 

Segundo levantamentos feitos por técnicos do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pelo pesquisador do Ibre/FGV Manoel Pires, divulgados pela imprensa nessa segunda-feira (24), a taxa de investimento do governo federal nesse ano atingiu seu nível mais baixo e deve fechar abaixo do que foi verificado em 2003, quando atingiu 0,3% do PIB. Ou seja, com os golpista no poder, o Brasil regrediu 15 anos.

 

O cenário econômico desolador do País foi reforçado pelo diagnóstico do presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro. Ele afirmou nesta segunda-feira (24) que o “Brasil é um País sem investimentos”.  E explicou que a taxa atual de investimento mal cobre a depreciação dos ativos. Castro também demonstrou preocupação com o fato de os investimentos públicos estarem em queda livre, devido à necessidade de se cortar custos para cumprir a meta fiscal.

 

*Com informações de PT na Câmara

Sem comentários Comments

Deixe um comentário

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial